Fortaleza / CE - terça-feira, 02 de setembro de 2014

O Que é Proctologia

 

      A Proctologia, embora pareça ser uma especialidade médica recente, tem uma história de pelo menos 5.000 anos, sendo documentados diversos tratamentos ou procedimentos proctológicos em praticamente todas as civilizações. Na civilização egípcia, por exemplo, a descoberta de hieróglifos e sua decifração revelou que, dentre os médicos pessoais do Faraó, existia um que cuidava de suas mazelas anais, sendo denominado "O Gardião do Ânus do Faraó"1.

    

      A Proctologia é a especialidade médica responsável pelo diagnóstico e tratamento das afecções que acometem o trato digestório terminal, compreendendo os seguintes órgãos: cólons, reto e ânus. Assim, podemos denominá-la também de Colo-proctologia. Dentre as principais doenças que acometem esses segmentos anatômicos, encontramos, por exemplo,  desde entidades orgânicas como os tumores e as doenças hemorroidárias, até condições funcionais como a constipação (prisão de ventre) e a síndrome do intestino irritável.

     

      Para se ter uma idéia da prevalência de algumas dessas doenças em nosso meio, cito o câncer colo-retal que hoje,  no Brasil,  ocupa o terceiro lugar entre as mulheres e o quarto entre os homens em se tratando de neoplasia maligna de uma maneira geral2. Por outro lado, após os cinquenta anos, pelo menos 50% dos seres humanos já manifestou algum sintoma relacionado à doença hemorroidária3. Portanto, a importância do especialista em investigar e diagnosticar uma determinada queixa do paciente se impõe, já que diversas doenças podem cursar com sintomas semelhantes. Como exemplo, o sangramento ano-retal, que muitas vezes é banalmente atribuído às "hemorróidas", pode, em alguns casos,  ser a manifestação inicial de um câncer de reto.

 

      Dessa forma, devemos sempre buscar ajuda de um profissional especializado para avaliação de algum  sintoma, principalmente diante de queixas como hemorragia digestiva, perda de peso, alteração importante do hábito intestinal ou anemia.

 

Fontes:

  1. Quilici FA, Neto JAR. Atlas de Proctologia – do Diagnóstico ao Tratamento. São Paulo-BR. Lemos Editorial, 2000.
  2. Instituto Nacional do Câncer (www.inca.gov.br/).
  3. Corman ML. Colon and Rectal Surgery, 5th ed. Philadelphia-USA, Lippincott William & Wilkins, 2005.